O cheiro da paz

Mal sabemos que elas querem firmeza. Que você pegue firme, que fale firme, que faça firme, que prometa com firmeza. Mal sabemos que o que elas querem é confiar fácil no que mostramos. Ser fácil[…]

Continue a ler …

A coragem

Muitas vezes, aprisionados dentro de invólucros que não fazem jus ao guerreiro. Destemidos e munidos de uma soberania nata, guinchados e elevados por um ego indestrutível, não necessariamente corretos, intocáveis ou imortais. Meros mortais incríveis.[…]

Continue a ler …

O que é um relacionamento?

Tão simples. Escolhe-se o brinquedo e embarca-se. Saudoso e corajoso, senta-se. Sufocados pelo medo, permitimos e partimos. Inicia-se o que achamos que sabemos acontecer. Devagar e cautelosos fingimos construir a perfeição, tão imaturos somos. Há[…]

Continue a ler …

Eu lamento

Por tudo que não tenhamos culpa, culpamos! Por mais sombria que seja a verdade que nos motiva, por mais silenciosa que seja toda essa nossa procrastinação, lamentamos. Lamentamos pela chuva que cai e não temos[…]

Continue a ler …

Desculpa, ele só escuta gestos

Surdos, cada dia menos ouvidos, cada dia menos ouvintes. Videntes, olhando onipotentes a incrédula vida dos que não são, não fazem, não podem por merecimento. Talvez minha, talvez sua falta de talento em viver direito.[…]

Continue a ler …

Ou você é de fatos ou é de sorte

Sempre divididos entre as questões mais enigmáticas, os problemas mais asmáticos, hipotéticos ou patéticos! A quem conte de forma diferente, mas confundir fatos merecidos com sorte ocasional, é um erro precoce. A quem faça dos[…]

Continue a ler …