Outro gênero feminino

tumblr_muzuq58qvh1scwp63o1_500

Sem dúvida, se existe algo na minha vida que me surpreendo indefinidamente são os gêneros femininos.

Não me lembro ao certo quando foi que ao susto sofri o lampejo de desistir de entender as mulheres. Sempre somos avisados como homem que as mulheres não estão ao mundo para serem compreendidas. Assim, eu teimoso, imaginei que poderia achar pelo menos um padrão. Homens!

Outrora percebi que não temos como encaixar um padrão num ser que muda sem nenhum motivo para nenhum fim. Não estou aqui para escrever um texto contra as mulheres e sei que o texto vai alfinetar qualquer mulher que lê. Talvez eu esteja falando de você ou não, vamos ver.

Meu novo gênero tem o nome de “A inanidora”(palavra inventada). O tipo de mulher que mata um homem de fome, fome de tudo. Esse tipo peculiar e extremamente raro, faz parte de um grupo único de mulheres que ferram toda a formação masculina de um homem legal. Como consequência, atiram no próprio pé.

Mulheres assim não sabem a diferença entre valor e comportamento. Usufruem da rotina para gerencia a mais vasta gama de verdades mentirosas que podem sustentar. Usam a palavra escrúpulo como adubo das mais estranha plantas carnívoras que podem criar. Acima de tudo lustram o próprio umbigo com um ego montado nas amizades circulares e muito bem estruturadas em fracasso e sustentos psicodramáticos de relacionamento estapafúrdios e horrorosos que acumulam. Mulheres comuns e raras.

Um gênero agressivo e lindo de se admirar de longe como belos acidentes sem vítima.

Comente

Leia mais