Ignorar, fingir que ta tudo bem, deixar tudo acontecer e as esquisitices femininas

35643eaedde3745d2e91956cc25a743d

 

Simples de explicar não está!

Eu gosto muito de observar e buscar entender as atitudes humanas. Sem dúvida não existe prazer melhor que olhar o fundo dos motivos e pontua-los até a lucidez. Não posso dizer que faço amigos ou que isso me deixe belo e vistoso ao mundo, é solitário, vazio e perigoso.

Ninguém quer entender o que faz, ignoramos quase metade das loucuras que praticamos, ignoramos quase todos que nos mostram os loucos que somos. Chatos, invasivos e perigosos. Taxamos os mais sensíveis a ver o que não vemos como anomalias prejudiciais as mentiras que somos.

É preferencia geral fugir, ir até o maior silêncio que se tem. Fingir que está tudo bem é o jeito mais correto de ser o certo a fazer. Não afetar, não resolver, não querer é o jeito mais correto de ser o certo a fazer. Se o mundo gira, o “não” pode ser o maior problema a se resolver. Mentira?

As coisas acontecem, sem dúvida. Até onde vamos como essa afirmação contra a unica coisa que não temos, tempo. Como entender que deixar acontecer não é para ser levado a sério. Deixar acontecer é no fundo dizer que não sabemos nem o que queremos nem o que podemos. É explicar com fé que não podemos fazer o que desejamos sem merecimento.

É esquisito não entender. Como aceitar de forma abrangente o que só faz sentido para um? Para que tentar entender o que de verdade não se sustenta? Mulheres, as inocentes infratoras com as acusações mais cheias de culpada.

 

Comente

Leia mais