A sandália que machuca o seu pé

  Até quando apertar e calejar a vida com as coisas mais inúteis do cotidiano? De todo tempo que temos, de tudo que sempre quisemos, esmagados nos desejos que criamos baseados nas ultimas invenções, estamos.[…]

Feio, forte e formal

  A forma mais genuína do homem contemporâneo. Talvez! Toda vez que ouço descreverem um gênero de forma simplista, eu aprecio e desenvolvo. Feio, forte e formal pode ser a forma mais banal de descrever[…]

Orgulho

Então o mais forte é você? Da solitária vitória em que só a gloria do “não” faz a certeza de estar agora “mais” que antes. Mais quieto e aberto aos elogios que se espera de[…]

Evolutivamente regredidos

Sentir prazer em fazer as coisas mais simples do planeta. Você não? Depois de uma vida toda de buscas ao “incrível”, hoje eu só quero montar um armário com perfeição. Por que depois de tanto,[…]

Por que elas não fazem perguntas?

Tirando a sua mãe, poucas são as mulheres que gostam de fazer perguntas. Já notou? Elas existem para desafiar o silencio quando silenciar lis da um certo charme. Particularmente caladas nas primeiras empreitadas, atacadas elas[…]

Ela tem um filho que não é meu

Eu aconselho você a ter essa experiencia. Ter uma mamãe ou um papai como a outra metade da sua laranja. Quem sabe para sempre. É sempre tão complicado para um pai solteiro se relacionar, eu[…]