Meros mortais

  É, você também vai morrer! Agora, depois, a qualquer momento. Vamos amolecer e adoecer, perder a visão ou os cabelos. Ficaremos fracos e desajeitados, não seremos assim tão desejados, apalpados ou convocados,  seremos o[…]

Continue a ler …

Minha biografia da escrita

  Um desajeito de primeiras palavras chanfradas e uma ma colocação sentimental. Uma revolta envolta de toda minha pouca indagação. Explicações de ações “miraboladas” nas emboladas baladas da vida. Como um manual, eu ainda me[…]

Continue a ler …

Mulher fria

Elas estão cada dia mais machucadas, complicado né! Ela é o tipo de mulher que vai tentar impedir que você entre na vida dela umas dez vezes. Vai estar sempre dizendo frases do tipo “os[…]

Continue a ler …

Etiquetas

Eu corto, me incomodam! Tem uma no fundo do sapato, diz o tamanho em três países. Tem na capa do livro e no pacote de pão. Eu gosto das que vem estilizadas e de cores[…]

Continue a ler …

O RSK amarelo

Eram apenas dias! Quando jovem, de família simples, engajou-se em enriquecer. Estudado, num golpe de sorte é não de empenho, herdou grande quantia e multiplicou com golpes imobiliários. De 22 aos 51, levantou as 8[…]

Continue a ler …

Você não é nada de mais

A verdade é que a sua é só uma vida comum, não importa o quão importante você pense que é. Talvez você esteja feliz com isso, sabendo que há um script que pode seguir e,[…]

Continue a ler …