Você se acostuma

A tudo, a verdade é essa. Acostumamos a acordar assustados por estar sempre atrasados. Acostumamos a nos arrumar correndo por estarmos sempre sem tempo para engolir o pão que nem a manteiga teve jeito de[…]

Continue a ler …

Isso também vai passar

Uma simples e real conclusão! Aprende-se com a vida que tudo dura um tempo, tudo tem começo, meio e fim. Sim, você sabe! Entende-se também que essa verdade é você quem faz, sim você quem[…]

Continue a ler …

Por um triz

Em pequenas partes de instantes que mudam tudo. Em pequenas frases montadas em motivos ácidos de uma discussão. No domínio minoritário da razão. Nos resultados inesperados de maldades ou bondades repletas de interesse próprio. Por[…]

Continue a ler …

Um pedido de desculpas sem motivo

É simplesmente por que acredito que você lendo pode entender melhor. Eu nem erro mais com você, já passei desse nível de problematização. Eu agora, ao cometer um desacordo me despedaço. Sei que não deveria[…]

Continue a ler …

Descaso

O que está acontecendo? Quando foi que começamos a ter o direito de tratar pessoas como lixo? Quem foi que nos ensinou que belos, ricos, intelectuais tem direito a ser humanos melhores? Ignorando limites, fingindo[…]

Continue a ler …

Treinado a ver sem olhar

Todos soldados, atravessadores de desafios impossíveis, julgados novatos por toda a vida onde a vida munda as regras que não sabemos ver. Sempre ligados aos sentimentos, que cheiramos, que ouvimos, que colorados ardem. Sempre atentos[…]

Continue a ler …

Empáticos

Marcados por grilhões sentimentais. Ilhados espalhados por montanhas de estimas e achismos, melosos e palpáveis. Sempre tão acessíveis! Não mais empáticos, não mais, não. Incapacitados de ver o outro com carinho de quem senti, sempre[…]

Continue a ler …

A rebelia

É, eles querem nos intimidar! Querem que sejamos legais, educados, cordiais. Querem certezas dos nossos progressos, riquezas. Querem ler nossos nomes em artigos de jornais. Querem que possamos divertir a eles. Querem nos ter como[…]

Continue a ler …

Óbvios

Cansa como planejar uma vingança que não faz sentido algum, falando nisso, vingança não faz sentido algum. Esses óbvios que tomam as minhas conversas com a razão. Esses lógicos que monocromatizam minhas obscenas ideias sentimentais.[…]

Continue a ler …

Falhando miseravelmente

De formas colossais, banais, geniais ou incríveis. Falháveis! Destemidamente tentado ao sucesso, falhamos. Irrevogáveis em tentativas mirabolantes, falhamos. Coesos vistos poéticos e éticos, falhamos também. Propensos ao fracasso de sempre quando o sempre não nos[…]

Continue a ler …

Sim, você está mudando

É lento, gradual, doloroso, assustador, único e absurdamente gratificante. Viver é aturar a constante. Há quem não perceba que mudou, Há quem mude e não identifique os motivos. Somos a soma de nossos atrativos, e[…]

Continue a ler …

Motivos

Tão destemidos achamos que somos descansados em razões. Tão protegidos estamos conjurando as vocações dos acontecidos esquecidos em nós. Tão concentrados em sermos ilhados nos caminhos que traçamos para o sucesso, tão sós, tão finitos.[…]

Continue a ler …

Um eterno soldado

Es que no campo apenas sobra ainda o único que sobre o manto da sorte ou do acaso esteve. Ainda sobra o único que busca ou buscou um ângulo diferente para apontar o fim. Um[…]

Continue a ler …

Novos velhos

Identificados em meio a multidão de normais espectadores dos ardores de sempre. Serenos revoltos adornados de uma sabedoria dolorosamente desenvolvida pelas camadas densas do tempo cotidiano. Os “novos velhos que não sabem a idade” e[…]

Continue a ler …

Desculpa, ele só escuta gestos

Surdos, cada dia menos ouvidos, cada dia menos ouvintes. Videntes, olhando onipotentes a incrédula vida dos que não são, não fazem, não podem por merecimento. Talvez minha, talvez sua falta de talento em viver direito.[…]

Continue a ler …

Brutalmente pressionados

  Eu sei que você está cansado também! Todo o peso do mundo nas costas de um só, é assim que você acha que a humanidade divide o fardo? Será mesmo que só você está[…]

Continue a ler …

Meros mortais

  É, você também vai morrer! Agora, depois, a qualquer momento. Vamos amolecer e adoecer, perder a visão ou os cabelos. Ficaremos fracos e desajeitados, não seremos assim tão desejados, apalpados ou convocados,  seremos o[…]

Continue a ler …

Etiquetas

Eu corto, me incomodam! Tem uma no fundo do sapato, diz o tamanho em três países. Tem na capa do livro e no pacote de pão. Eu gosto das que vem estilizadas e de cores[…]

Continue a ler …