A rebelia

É, eles querem nos intimidar!

Querem que sejamos legais, educados, cordiais. Querem certezas dos nossos progressos, riquezas. Querem ler nossos nomes em artigos de jornais. Querem que possamos divertir a eles. Querem nos ter como plateias esperando um consenso moral de fé, baseado em milênios de manuais reinscritos.

Não tenhamos medo de consequências! Eu sei que eles querem olhar a próxima postagem online e ver erros miseráveis para que se sintam melhor com os próprios erros. Eu sei, o homem é tão pequeno!

Querem que eu finja que não os vejo fracos, medrosos, mesquinhos e comuns. Querem que eu esconda a minha revolta, que eu limite minhas palavras, que eu corrija o meu português. Querem tanto de mim, e de você também, que não percebem que eu posso escolher não querer e viver muito bem assim. Eu quero mesmo é não deixar ninguém precisando de nada. Me adequei a viver a minha vida, não quero nada de ninguém! E você, o que quer de alguém?

Related Posts

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *