Bens de um conflito

Tão dramáticos com a ideia de afrontar. Tão medrosos com os conflitos. Tão errôneos ao julgar os diálogos contraditórios.

Brigar te aborrece, afasta, irrita e te apaixona. Mau do humano que contrariado se entrega. Contrários não deveriam maldar, contrários não deveriam fazer você se entregar. Ideias injetadas a foçar no ego, aflições de chantagens emocionalmente dirigidas ao proposito de ter. Sem razão, só quem briga pelos berros se completa.

Sabendo que os meios são violentos para os objetivos pacíficos, segure-se aos punhais do racionalismos, adentremos nos campos do conhecimento e combatamos contra a ignorância na anciã pelo fim do preconceito já aceito como inimigo.

Ainda não sabemos bem os bens de um conflito por que brigamos apenas pela posse da verdade, e de verdade, só os donos da coragem de errar dominam os vastos campos da paz de ter tentado ao máximo.

Related Posts

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *