Em posição de dizer dane-se

Então quem? Talvez o milionário, o famoso, o intelectual. O poderoso, o corajoso, o colossal. Quem?

Todos devedores monetários, sentimentais. Devedores temporais, idealistas. Todos aprisionados. Nascidos livres, hoje reclamados e aclamados sem liberdade. Iludidos, enganados conscientes que talvez o aparente mostre ser sucesso nos excessos que mantemos.

Vastos campos de concentração puritana, torres concretadas no tempo, ídolos mantidos por medo, sonhos criados na inveja. Todos em cárcere. Livres mesmos, quem? Você? Livre? Em posição de dizer dane-se pro mundo? Dono da sua terra, livre de dividendos, deitado em paz nas noites de culpa?

Talvez os que você humilha, os que você ignora, os que sua soberba não deixa ver. Talvez o pouco instruído, o tímido, o que pouco crê! Talvez eles possam dizer dane-se ao mundo, a ganância, a intolerância, a vingança muito mais do que você! Talvez!

Related Posts

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *