O RSK amarelo

Eram apenas dias!

Quando jovem, de família simples, engajou-se em enriquecer. Estudado, num golpe de sorte é não de empenho, herdou grande quantia e multiplicou com golpes imobiliários. De 22 aos 51, levantou as 8 almoçou as 13 e voltou pra casa as 18. Nada de espetáculo foi pintado em sua vida.

Assistiu a morte dos pais o nascimento dos filhos e de 8 as 18 tudo estava comprimido em vagas lembranças. Parou, pensou e o tempo virou raro. Já mancando da perna direita e ofegante da asma, não podia comer coisas salgadas. Começou a enebriar-se com um velho 718 RSK que estacionado na garagem, consumia-se na poeira.

Em qualquer horário, e muitas vezes durante a madrugada, ouvia-se cantarolar as melódicas trilhas francesas de tantos 40 anos atras. Amarelo e ronronando depois de vividos 3 anos, o RSK LINDO, ostentava o maravilhoso assombro da ressurreição. Fotografado ao lado do dono e de uma figueira depois de pronto, o mesmo manco da perna direita assiste contando aos curiosos que esse RSK, alem da família, foi a unica coisa que com total amor, construiu na vida!

Related Posts

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *