Prece de um ateu

Que eu organize minha mente e que minha mente organize minha vida. Que quem não faz, diga que tenho sorte. Que quem não pode, diga que fiz. Que eu seja justo.

Que diante a dúvida, eu tenha a paz de escolher com sapiência. Que eu me sobreponha, melhor sempre. Que não me falte coragem, e se faltar, que eu tenha uma explicação racional.

Que eu tome o controle, e se não o tiver, que eu me controle. Que tudo que eu faça seja o melhor que puder, e se não for, que seja o mais próximo disso possível. Que eu saiba a medida certa entre bom e o ruim.

Que aflito, eu use a razão como motivação. Que eu tenha a clareza da humildade. Que eu sinta com honestidade tudo que me propor.

E então, que eu deixe o legado de quem fui, escrito nas coisas findas do que era. Que eu não me assuste com os resultados esperados e inesperados. Que eu não me esqueça que morrerei e tudo que eu era, foi deixado melhor e o melhor de mim foi deixado.

Related Posts

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *