Sensuais

Eu sei, é subjetivo e controverso, mas nos redemos, eu sei!

Necessários obscuros do desejo animal, esse do selvagem que habita o inigual senso comum. Moralistas defensores de aprendedores que sentirão o mesmo desejo que eu, você e todo mundo.

Hoje habituados a ter coragem de postar o sensual. Hoje habituados e consumir o visceral como quem não julga, não vulga, não liga. Ainda aprendendo a libertar o corpo do medo. Ainda existindo trêmulos nas curvas do olhar alheio. Todos nós.

Sensuais primitivos inativos no ego, ainda escondidos ardidos pelo nu, incrédulos de si e sempre desejando sensualmente ser imorais. Escodemos de nós muito mais do que somos.

Related Posts

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *