Tenha paciência com elas

Apaixone-se, é o que nos resta.

Eu sei, elas complicam e confundem, mas fazem isso tão bem né! É tão bonito não entender os chiliques e as agressões sensuais contra o fim do dia cansativo que alguém pode ter. Não resta muito a fazer, apaixone-se.

Não criaram ainda um cheiro melhor que o de cabelo de mulher, mesmo que seja nauseante, tenha paciência. Sempre colidimos com necessidade de equilibrar o que trás o desequilíbrio como o melhor método de nos tirar da nossa zona de conforto, elas são nosso porto, nosso mar, nosso navio, embarque e apaixone-se.

Sempre guerreiros lutando desgraçadamente contra o que não luta para ser fundamental, elas existem assim por nossa falta de paciência com o irracional, com o tradicional. Eu não posso culpa-las, não posso mudá-las, não posso deixar de ama-las. Tenhamos sim paciência, e muita, e toda, se não para qualquer coisa, para gastar toda com elas. Afinal, somos apaixonados pelo cheiro do cabelo delas.

 

Related Posts

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *